Personalidades do Setor
José Maria Siqueira de Barros
Compartilhar
Nome
José Maria Siqueira de Barros
Nome para referências
Barros, José Maria Siqueira de
Nascimento
1937-08-02
Falecimento
2019-07-10
Verbete

Presidente da Eletrobras

José Maria Siqueira de Barros nasceu em Cachoeira Paulista (SP) no dia 2 de agosto de 1937. Formou-se em Engenharia Civil e Elétrica pela Escola de Engenharia Mackenzie, em São Paulo, em 1962. Ainda na faculdade, trabalhou na firma Construção e Comércio Obras Ltda.

Ingressou em 1963 na Companhia Hidrelétrica do Rio Pardo (Cherp), empresa pertencente ao governo paulista, absorvida pelas Centrais Elétricas de São Paulo S.A (Cesp) em 1966, juntamente com outras empresas públicas estaduais congêneres. Participou da construção da usina hidrelétrica Caconde, inicialmente denominada Graminha, passando a integrar o quadro de funcionários da Cesp no momento de constituição dessa empresa. Chefiou o departamento de custos, medições, contratos e pagamentos da Cesp, transferindo-se em 1975 para a Companhia do Metropolitano de São Paulo. Em março de 1979, assumiu a presidência da companhia, por indicação de Paulo Salim Maluf que iniciava então seu primeiro mandato como governador de São Paulo. Exerceu esse cargo durante 18 meses, tendo prestado serviços de consultoria, na mesma época, à diretoria financeira da Itaipu Binacional. Em agosto de 1980, foi designado para chefiar a Secretaria de Transportes do Estado de São Paulo pelo governador Paulo Maluf, permanecendo no cargo até março de 1982. Em seguida, atuou como assessor do ministro do Planejamento, Antônio Delfim Neto, até o final do mandato do presidente João Figueiredo em março de 1985. Nesse mesmo ano, constituiu a empresa Enbar Assessoria e Participações S. C. Ltda., especializada na prestação de serviços de engenharia comercial. Ainda em 1985, atuou como presidente da Companhia do Metropolitano do Rio de Janeiro.

Após a posse de Fernando Collor de Mello na presidência da República, em março de 1990, foi chamado a presidir a Centrais Elétricas Brasileiras S.A. (Eletrobras). Assumiu o cargo em junho do mesmo ano, em substituição ao engenheiro Mario Penna Bhering, permanecendo à frente da holding federal ao longo do governo Collor de Mello. Sua passagem pela Eletrobras foi marcada pelo agravamento da crise financeira e institucional do setor de energia elétrica. Alegando que as tarifas fixadas pelo governo federal eram insuficientes para fazer frente aos custos do serviço, as empresas estaduais atrasaram sistematicamente o pagamento da energia suprida pelas geradoras federais e pela Itaipu Binacional, que, por sua vez, deixaram de pagar o serviço da dívida junto à Eletrobras. Ao mesmo tempo, firmas de construção, fornecedores de bens de capital e empresas de consultoria tornaram-se credores de vultosas faturas, algumas vencidas desde 1988. O programa de investimentos do grupo Eletrobras foi diretamente afetado pela inadimplência e os escassos recursos disponíveis foram basicamente direcionados para a retomada da construção da usina de Xingó, a cargo da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf). Siqueira de Barros promoveu redução significativa do quadro de pessoal da Eletrobras mediante demissões e desligamentos incentivados. Em junho de 1992, por decreto do presidente Collor, a Light Serviços de Eletricidade S. A. e a Espírito Santo Centrais Elétricas S.A. (Escelsa), ambas pertencentes ao grupo Eletrobras, foram incluídas no Programa Nacional de Desestatização (PND). Após a renúncia de Collor em outubro de 1992, passou o comando da holding federal ao engenheiro Eliseu Resende. Voltou então à Cesp como assessor da presidência.

Aposentou-se em 1995, retomando suas atividades na Enbar Assessoria e Participações e na Public Quadras Esportivas Ltda., essa última também empresa de sua propriedade. Faleceu em 10 de julho de 2019.

Trajetória profissional

Assessor da Presidência da Cesp

Início: 1992 Término: 1995

Presidente da Eletrobras

Início: 1990 Término: 1992

Formação Acadêmica

Curso: Engenharia Civil e Elétrica

Instituição: Escola de Engenharia Mackenzie

Local: São Paulo (SP)

Ano: 1962

Local de nascimento
Cachoeira Pauilista (SP)