Personalidades do Setor
André Falcão
Compartilhar
Nome
André Falcão
Nome para referências
FALCÃO FILHO, André Dias de Arruda
Nascimento
1925-11-13
Falecimento
1978-02-07
Verbete

Diretor de operação e presidente da Chesf

André Dias de Arruda Falcão Filho nasceu em Escada (PE) no dia 13 de novembro de 1925. Formou-se em Engenharia Elétrica e Civil pela Escola de Engenharia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) em 1952. Trabalhou na General Electric do Brasil S.A. (1954-1955) em Recife (PE) e no Departamento de Águas e Energia (DAE) do Estado de Pernambuco (1955-1956). Especializado em Técnicas de Altas Tensões pela UFPE em 1956, ainda no mesmo ano iniciou sua carreira no magistério superior, tornando-se professor livre-docente dessa universidade em 1959.

Na década de 1960 e no início dos anos 1970, prestou assistência técnica a empresas privadas e a várias usinas de açúcar em Pernambuco. Em 1969, ingressou na Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) como consultor técnico da Diretoria de Operação. Assumiu o comando desta diretoria em setembro de 1973, permanecendo nesse cargo até junho do ano seguinte, quando foi designado para a Presidência da empresa, em substituição a Apolônio Jorge de Faria Sales. Em sua gestão o parque gerador da Chesf foi consideravelmente ampliado. Além do início das obras de construção da Usina Termelétrica São Luiz II, foram inauguradas em 1977 a Usina Termelétrica Bongi, com 142,5 MW de potência, e a Usina Hidrelétrica Apolônio Sales, também denominada Usina Hidrelétrica Moxotó, com 440 MW de potência.

Outro passo importante foi a conclusão da barragem da Usina Hidrelétrica Sobradinho, um dos maiores empreendimentos da empresa. Na área de transmissão, as principais realizações foram a inauguração da linha Paulo Afonso-Camaçari em 1976 e a assinatura de um acordo, no mesmo ano, com Furnas Centrais Elétricas S.A. (Furnas) e a Centrais Elétricas de Minas Gerais S.A. (Cemig) - atual Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) -, que permitiu complementar as necessidades energéticas da Chesf. Faleceu no dia 7 de fevereiro de 1978, vitimado por um acidente aéreo quando vistoriava obras na região de Paulo Afonso, Bahia. Foi sucedido na Presidência da Chesf por Arnaldo Rodrigues Barbalho. Além de artigos para revistas especializadas na área de Engenharia, publicou Reenrolamento do estator dos motores de indução trifásicos (1958) - sua tese de livre-docência - e Regulação de tensão em sistemas radiais (1972).

Trajetória profissional

Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - Chesf

Cargo: Diretor-Presidente da Chesf

Início: 1974

Término: 1978

Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - Chesf

Cargo: Diretor de Operação da Chesf

Início: 1973

Término: 1974

Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - Chesf

Consultor Técnico da Diretoria de Operação da Chesf

Início: 1969

Término: 1973

Formação Acadêmica

Curso: Engenharia Elétrica e Civil, na Escola de Engenharia da Universidade Federal de Pernambuco, Recife (PE), em 1952

Local de nascimento
Escada (PE)
Local de falecimento
Paulo Afonso (BA)