Memória da Eletricidade comemora 35 anos

Postado em 19/10/2021
Compartilhar

Instituída em 1986 por iniciativa da Eletrobras com o objetivo de preservar a história da indústria da eletricidade no Brasil, a Memória da Eletricidade comemora em 2021 seus 35 anos de atuação na preservação de acervos, gestão da informação e do conhecimento. Para celebrar essas mais de três décadas transformando memória em conhecimento, informação e valor, estamos homenageando toda a equipe da instituição na figura de um de seus mais antigos e atuantes colaboradores: o historiador Paulo Brandi.

O depoimento de Paulo Brandi marca a retomada, em agosto de 2021, do Programa de História Oral da Memória da Eletricidade. Essas atividades foram suspensas durante um ano e meio, por conta da pandemia. A entrevista com o historiador foi feita seguindo todos os protocolos de segurança sanitária.

Paulo Brandi

Graduado em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF), iniciou carreira profissional no Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (Cpdoc) da Fundação Getúlio Vargas (FGV). É pesquisador da Memória da Eletricidade desde 1987, onde coordenou diversos trabalhos publicados pela instituição, entre os quais, "Eletrificação rural no Brasil: uma visão histórica".

O historiador Paulo Brandi, da equipe da Memória da Eletricidade

Trajetória profissional


Conhecimento do setor elétrico


Endereços da Memória da Eletricidade


Panorama do setor de energia elétrica no Brasil


A Eletrobras e os primeiros tempos da Memória da Eletricidade


Gestão Mario Bhering


José Luiz Alquéres na Eletrobras


Segunda gestão Mario Bhering


Notas sobre Racionamento de Energia Elétrica no Brasil


A primeira década do século XXI


Energia Elétrica e Integraçao na América do Sul


Gestão Mário Santos


Gestão Augusto Rodrigues


Trabalho em tempos de pandemia


A importância da história e da Memória Empresarial


Palavras finas