Engenheiro Arthur Cohen morre aos 97 anos

Postado em 02/06/2022
Compartilhar

A Memória da Eletricidade lamenta o falecimento do engenheiro Arthur Cohen, ocorrido no dia 30 de maio, na cidade do Rio de Janeiro. Nascido em São Paulo (SP) em 25 de maio de 1925, o engenheiro teve longa e profícua atuação profissional em empresas e entidades do setor elétrico brasileiro.

Formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, Arthur Cohen iniciou sua trajetória profissional em 1949 como engenheiro estagiário da São Paulo Light, na época, a maior empresa geradora e distribuidora de energia elétrica do país. Em 1965, assumiu a chefia do Departamento de Planejamento e Engenharia da concessionaria. Com a unificação das empresas do grupo Light, tornou-se superintendente de Engenharia e Operação da área paulista da Light Serviços de Eletricidade. Em 1975, assumiu a Diretoria de Operação da empresa, permanecendo no cargo após a estatização da Light em 1979. O engenheiro ficou à frente da diretoria até deixar a companhia em 1985. Em seguida, passou a atuar como consultor da diretoria técnica executiva da Itaipu Binacional até 1991.

Arthur Cohen foi vice-presidente do Comitê Nacional Brasileiro da Conférence Internationale des Grands Réseaux Électriques à Haute Tension (CIGRÉ) de 1972 a 1987 e seu presidente de 1987 a 1991. Participou do Comitê Coordenador da Operação interligada (CCOI), exercendo a coordenação do Subcomitê de Estudos Elétricos de 1969 a 1971. Foi representante da Light no Grupo Coordenador para a Operação Interligada (GCOI) no período de 1975 a 1985.

A Memória da Eletricidade teve a oportunidade de entrevistar o engenheiro Arthur Cohen em outubro de 1991, em projeto de pesquisa sobre a história da operação do sistema interligado brasileiro. A entrevista de Arthur Cohen integra o conjunto de depoimentos do programa de História Oral da entidade.

?>