Personalidades do Setor
Henrique Mello
Compartilhar
Nome
Henrique Mello
Nome para referências
Mello, Henrique, 1928-
Nascimento
1928
Verbete

Henrique Mello nasceu em Vila Velha, no estado do Espírito Santo, em 1928. Cursou a Academia Militar das Agulhas Negras - Aman, de onde saiu como aspirante a oficial da arma de engenharia. Serviu no Batalhão Escola de Engenharia, o Batalhão Vilagran Cabrita, no Rio de Janeiro, e depois no Batalhão Rodoviário, participando da construção da BR-2, que liga São Paulo a Porto Alegre e da construção do TPS (Tronco Principal Sul), uma ferrovia paralela à BR-2, ligando Curitiba ao Rio Grande do Sul. Em 1955 ingressou na Escola Técnica do Exército, que posteriormente se tornou o Instituto Militar de Engenharia, onde se formou engenheiro eletricista. Retornou ao Batalhão Rodoviário em 1959 com a missão de eletrificar diversos canteiros de obra e modificar os que eram alimentados por motor a diesel.

Em 1961, tornou-se professor do Instituto Militar de Engenharia - IME e no mesmo ano foi convidado para trabalhar na Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - Chesf, onde trabalhou por meio expediente até o ano de 1963, como assistente de Amaury Alves de Menezes, diretor técnico da empresa. Em 1963, pediu demissão do Exército e foi contratado pela Chesf como engenheiro efetivo, passando posteriormente ao cargo de chefe da Divisão de Estudos e Projetos. Pediu demissão da Chesf em 1969 para trabalhar no escritório Berenhauser, onde acabou por se tornar sócio com 10% do negócio, e teve, entre outras, a missão de acabar a obra da Usina Hidrelétrica Guaricana. Em 1974, pediu demissão do escritório Berenhauser, sendo posteriormente contratado pela Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. - Eletronorte, se tornando um dos principais responsáveis pela conclusão da Usina Hidrelétrica Coaracy Nunes, no Amapá, e o primeiro diretor de operação da empresa. Sua jornada na Centrais Elétricas Brasileiras S.A. - Eletrobras começa em 1976, inicialmente como assistente de Mauro Moreira, na Diretoria de Integração Regional, onde teve participação substancial nas compras dos equipamentos usados na Usina Hidrelétrica Tucuruí.

Em 1978, passou a comandar a equipe do Departamento de Relações Industriais - Deri, contribuindo para as atividades do Núcleo de Articulação com a Indústria - NAI. Na década de 1980, participou de várias missões internacionais para o financiamento de novos projetos, incluindo visitas à França e Angola e União Soviética. Posteriormente, foi cedido à Escola Superior de Guerra - ESG, retornando à Eletrobras em 2003 para trabalhar como assistente de José Drumond Saraiva, Diretor de Projetos Especiais e Desenvolvimento Tecnológico e Industrial.

Trajetória profissional
  • Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - Chesf, onde trabalhou por meio expediente até o ano de 1963, como assistente de Amaury Alves de Menezes, diretor técnico da empresa.
  • Engenheiro efetivo da Chesf em 1963, passando posteriormente ao cargo de chefe da Divisão de Estudos e Projetos.
  • Sócio do Escritório Berenhauser, com a missão de acabar a obra da Usina Hidrelétrica Guaricana, em 1969.
  • Responsável pela conclusão da a Usina Hidrelétrica Coaracy Nunes, pela Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A - Eletronorte, se tornando um dos principais responsáveis pela conclusão, em 1974. - Diretor de operação da empresa no Amapá.
  • Assistente de Mauro Moreira na Centrais Elétricas Brasileiras S.A. - Eletrobras, em 1976.
  • Comandou a equipe do Departamento de Relações Industriais - Deri, contribuindo para as atividades do Núcleo de Articulação com a Indústria - NAI, em 1974.
  • Eletrobras para trabalhar como assistente de José Drumond Saraiva, Diretor de Projetos Especiais e Desenvolvimento Tecnológico e Industrial, em 2003
Formação Acadêmica
  • Curso: Engenharia Elétrica, pelo Instituto Militar de Engenharia - IME, ingressando em 1955.
Local de nascimento
Vila Velha - ES