Personalidades do Setor
Augusto Rodrigues
Compartilhar
Nome
Augusto Rodrigues
Nome para referências
RODRIGUES, Augusto
Nascimento
1948-07-19
Data
19/07/1948
Verbete

Sociólogo, formado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Foi diretor de Recursos Humanos e diretor de Comunicação da CPFL Energia. Liderou a criação do Espaço Cultural CPFL, hoje Instituto CPFL, tendo sido fundador e diretor de programação do “Café Filosófico CPFL”, programa semanal da TV Cultura, de 2003 a 2014. Desde 2017, Augusto Rodrigues preside o Centro da Memória da Eletricidade, entidade cultural instituída pela Centrais Elétricas Brasileiras S.A. - Eletrobras, até o momento.

Foi Diretor de Recursos Humanos, na Companhia Paulista de Força e Luz - CPFL Energia, responsável pelo projeto de democratização das relações de trabalho, durante a passagem do regime militar para a Nova República, entre 1982 e 1986. Foi também responsável pela Diretoria de Gestão de Mudanças, entre os anos de 1995 e 1998, quando coordenou o Projeto de Modernização Empresarial da CPFL, cujo objetivo foi preparar o corpo de profissionais da empresa para as mudanças exigidas pela transição para o novo mundo desregulamentado. Após a privatização da empresa, reassumiu a Diretoria de Recursos Humanos, com o objetivo de liderar o processo de ajuste interno da organização. Antes disso, foi convidado para assumir a Diretoria de Recursos Humanos do Banco do Estado de São Paulo – Banespa e, depois, a sua Vice-Presidência de Administração, tendo assumido também, durante o ano de 1994, a Diretoria Executiva da FDE – Fundação para o Desenvolvimento da Educação, empresa ligada à Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, quando pode conciliar a atividade empresarial com os temas da cultura e da educação.

Em 2000, depois de uma série de aquisições e da criação de novas empresas, o que culminou na fundação da Holding CPFL Energia, Augusto Rodrigues assumiu a Diretoria de Comunicação Empresarial e Relações Institucionais da CPFL, com o objetivo de criar uma marca forte, reconhecida nacionalmente. Nessa última posição, foi responsável pelas atribuições relacionadas com a Gestão do Branding, do Marketing, da Propaganda e da Publicidade, das Relações Institucionais, do Gerenciamento das Reclamações dos clientes, através da Ouvidoria CPFL, da Comunicação com a Imprensa, da Comunicação Interna, dos Programas de Responsabilidade Social, de suas Políticas de Sustentabilidade e do Desenvolvimento e da Gestão da Ética nas empresas CPFL. Em 2003, buscando alinhar a necessidade de manutenção de uma marca empresarial forte com a exigência de ajudar os clientes das empresas a melhor entenderem o mundo contemporâneo, ele liderou a criação do Espaço Cultural CPFL, hoje Instituto CPFL, cuja produção, desde 2005, tem sido transformada em programas de TV, veiculados na grade regular da TV Cultura, em dois programas semanais, o Café Filosófico e a Invenção do Contemporâneo. Nestes 13 anos de existência, foram produzidos quase 5.000 atividades presenciais, acompanhadas por quase 700.000 frequentadores, cujos programas de TV são assistidos por um milhão de telespectadores por mês. Recebeu, por quatro vezes, o Prêmio Personalidade do Ano em Comunicação, da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial – Aberje, em 2003, 2007, 2009 e 2012.

Participou, como integrante do Programa Planeta Sustentável, das últimas seis Conferências sobre o Clima, promovidos pela ONU. Foi, durante anos, membro da diretoria do Comitê Brasileiro do Global Compact, da ONU, e integrante do Conselho Consultivo do Instituto Ethos, sendo, atualmente, membro do Conselho da Orquestra Sinfônica de São Paulo – OSESP. Desde agosto de 2016, é o Presidente do Conselho Curador da Fundação Padre Anchieta, órgão de direção da TV Cultura e da Rádio Cultura, emissoras públicas do Estado de São Paulo. Em agosto de 2017, Augusto Rodrigues assumiu a Presidência do Centro da Memória da Eletricidade no Brasil - Memória da Eletricidade, entidade cultural instituída por iniciativa da Eletrobras e mantida por empresas e órgãos do setor de energia elétrica brasileiro, cujo objetivo é preservar a história e a cultura da indústria da eletricidade em nosso país.


Trajetória profissional

Companhia Paulista de Força e Luz - CPFL Energia

Cargo: Diretor de recursos humanos

Início: 1982

Término: 1986

Companhia Paulista de Força e Luz - CPFL Energia

Cargo: Diretor de gestão de mudanças

Início: 1995

Término: 1998

Espaço Cultural CPFL (atual Instituto CPFL)

Cargo: Fundador e diretor de programação do “Café Filosófico CPFL”

Início: 2003

Término: 2014

Centro da Memória da Eletricidade

Cargo: Presidente do Centro da Memória da Eletricidade

Início: 2017 até os dias atuais

Formação Acadêmica

Sociólogo, formado pela Universidade de São Paulo – USP, formado em 17 de janeiro de 1979.