Heinrich Hertz


Heinrich Rudolf Hertz

Professor e físico alemão, pioneiro na produção artificial de ondas eletromagnéticas, de suma importância para o desenvolvimento do rádio, televisão e radar.

22/02/1857  01/01/1894

Filho mais velho de Gustav Hertz, um proeminente advogado e legislador alemão, Heinrich Rudolf Hertz iniciou seus estudos aos 6 anos de idade na escola particular de Richard Lang, professor rigoroso que não admitia erros. Durante a adolescência, Hertz demonstrou que tinha talento para a carpintaria e adquiriu um torno com o qual começou a produzir aparelhos espectrais e outros apetrechos relacionados ao estudo da física. Após um breve período estudando engenharia na Universidade de Dresden, em 1877 Hertz transferiu-se para a Universidade de Munique, onde se dividia entre a inclinação para a engenharia e a física. Depois de um ano de estudos em Munique, Hertz decidiu mudar-se novamente, desta vez para Berlim, onde se graduou nas duas carreiras e se doutorou em filosofia. Em 1880, após tornar-se assistente do professor Hermann Helmholtz, com o qual trabalhou por três anos, Hertz passou a ter um amplo laboratório de física a seu dispor e iniciou seus estudos sobre eletricidade. Em 1883, Hertz foi ensinar física teórica na Universidade de Kiel, que não possuía laboratórios, o que lhe frustrou, inquietou e acabou motivando sua transferência para a Faculdade Politécnica de Karlsruhe, em 1885. Nos quatro anos que passou em Karlsruhe, Hertz conheceu e casou-se com Elizabeth Doll, filha de um colega. Em 1886, disposto a ganhar o prêmio da Academia de Berlim, que versava sobre as teorias de James Clerk Maxwell, Hertz desenvolveu as teorias que o tornariam famoso no mundo inteiro. Em 1887, construiu um oscilador com o qual conseguiu provar que as ondas eletromagnéticas propagavam-se no espaço, sem necessidade de condutores. Em 1888, confirmou que as ondas de rádio são similares às ondas de luz, ou seja, não são visíveis, mas podem ser detectadas, transmitidas e refletidas, com o emprego de refletores côncavos. Descobriu também o efeito fotoelétrico, processo pelo qual se consegue liberar elétrons de um material qualquer, pela ação da radiação. Hertz trouxe uma clareza sem precedentes às teorias de Maxwell, organizando conceitos de modo que outros cientistas pudessem ir mais adiante. Em 1889, assumiu a vaga de professor deClausius, na Universidade de Bonn, e apresentou em uma conferência de Heidelberg seu trabalho sobre as ondas eletromagnéticas. Hertz escreveu diversos livros importantes e seu nome passou a designar a unidade de medida da frequência elétrica e das ondas eletromagnéticas, produzidas pela oscilação de eletricidade em um condutor.





Membros Instituidores e Mantenedores:

Eletrobras Eletrobras Eletrobras Eletrobras

Esta página está homologada para ser utilizada no navegador (browser) Mozila Firefox.
Caso você não o tenha instalado em sua máquina, utilize o link abaixo para baixá-lo.

Firefox