Experiências e empreendimentos pioneiros (1879-1896)

1896

A primeira usina do estado do Rio de Janeiro, a hidrelétrica Itamarati, entrou em operação. Instalada no rio Itamarati, afluente do rio Piabanha, no município de Petrópolis, a usina aproveitava queda de 85 metros de altura e possuía quatro grupos geradores com 648 kW de potência. Pertencia ao Banco Construtor do Brasil e destinava-se à iluminação de Petrópolis.
Início da operação da primeira usina do estado do Amazonas, a termelétrica Plano Inclinado, localizada no município de Manaus. A usina utilizava lenha como combustível e possuía uma unidade geradora com 68 kW de potência, capacidade duplicada dois anos depois. Foi desativada em 1910.
Inauguração da primeira usina do estado do Pará, a termelétrica Belém I, localizada no município de Belém. Foi construída pela Companhia Urbana de Estradas de Ferro Paraense e contava com oito máquinas a vapor, totalizando 3.200 HP. A energia gerada era destinada à iluminação pública e particular. Em 1905, a usina passou à Pará Electric & Lighting Company Ltd. Posteriormente, esteve sob a responsabilidade da Prefeitura de Belém e da Empresa Força e Luz do Pará (Forluz) até ser desativada, em 1956.




Membros Instituidores e Mantenedores:

ABCE CEMIG LIGHT ITAIPU BINACIONAL ELETROBRAS

Esta página está homologada para ser utilizada no navegador (browser) Mozila Firefox.
Caso você não o tenha instalado em sua máquina, utilize o link abaixo para baixá-lo.

Firefox