27/08/2013

Omã vai discutir pesquisa histórica com brasileiros

0   0

Representantes do Arquivo Nacional de Omã virão ao Brasil no final do mês para discutir cooperação com o Arquivo e a Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, e com o Arquivo do Estado da Bahia, em Salvador.

De acordo com o chefe do Departamento do Oriente Médio II do Itamaraty, Carlos Leopoldo Gonçalves de Oliveira, além de estabelecer um canal de cooperação entre as instituições, a missão omanita terá como objetivos estabelecer um grupo de trabalho para identificar pontos em comum na história dos dois países e auxiliar na tradução de documento em árabe que estão sob a guarda de órgãos públicos brasileiros, especialmente o arquivo baiano. A Bahia recebeu um grande número de escravos africanos muçulmanos no período colonial, que deixaram como legado diversos manuscritos em árabe, com escrita antiga e, segundo Oliveira, de difícil tradução. Ele acrescentou que o Arquivo de Omã tem um grupo de especialistas em textos arcaicos que pode auxiliar neste trabalho. “Esta missão pode ter um bom efeito multiplicador”, disse o diplomata. A ideia é despertar o interesse de outros países árabes em ações semelhantes de cooperação. Ele citou como exemplo uma iniciativa já realizada com representantes do Líbano, que têm dificuldade em identificar os libaneses que se estabeleceram no Brasil em seus próprios arquivos, mas conseguem traçar a origem de imigrantes com base nos registros de entrada existentes em órgãos brasileiros.

Fonte:





Membros Instituidores e Mantenedores:

ABCE CEMIG LIGHT ITAIPU BINACIONAL ELETROBRAS

Esta página está homologada para ser utilizada no navegador (browser) Mozila Firefox.
Caso você não o tenha instalado em sua máquina, utilize o link abaixo para baixá-lo.

Firefox