As Cidades se Iluminam


Em 1887, Porto Alegre (RS) se tornou a primeira capital brasileira a contar com um sistema de iluminação pública elétrica. Nos anos seguintes, outras cidades do país também passaram a iluminar suas ruas com eletricidade, como Rio Claro, Piracicaba, São Carlos do Pinhal e Ribeirão Preto, no estado de São Paulo; Juiz de Fora, São João Del Rei e Belo Horizonte, em Minas Gerais; Manaus, no Amazonas; e Belém, no Pará.

No Rio de Janeiro, a energia elétrica para iluminação foi expandida a partir do processo de reforma da cidade realizado pelo prefeito Pereira Passos, no início do século XX. A introdução do novo sistema ocorreu durante a abertura da avenida Central (atual avenida Rio Branco), e foi inaugurado em 1905. A avenida contou com iluminação elétrica apenas no canteiro central. Nas calçadas laterais a prefeitura preferiu manter os postes a gás.

Poste com luminárias elétricas na avenida Rio Branco, cidade do Rio de Janeiro (RJ). 1921. Acervo Light Serviços de Eletricidade S.A.





Membros Instituidores e Mantenedores:

ABCE CEMIG LIGHT ITAIPU BINACIONAL ELETROBRAS

Esta página está homologada para ser utilizada no navegador (browser) Mozila Firefox.
Caso você não o tenha instalado em sua máquina, utilize o link abaixo para baixá-lo.

Firefox