As Cidades se Iluminam


Apesar do Rio de Janeiro (RJ) ter presenciado as experiências iniciais com energia elétrica em iluminação pública, foi Campos dos Goitacazes, no interior do estado, a primeira cidade do país a ter suas ruas iluminadas com eletricidade. O fato ocorreu em 1883.

Quatro anos depois, em 1887, Porto Alegre (RS) se tornou a primeira capital brasileira a contar com um sistema de iluminação pública elétrica. Nos anos seguintes, outras cidades do país também passaram a iluminar suas ruas com eletricidade, como Rio Claro, Piracicaba, São Carlos do Pinhal e Ribeirão Preto, no estado de São Paulo; Juiz de Fora, São João Del Rei e Belo Horizonte, em Minas Gerais; Manaus, no Amazonas; e Belém, no Pará.

No Rio de Janeiro, a energia elétrica para iluminação só foi implantada durante o processo de reforma da cidade realizado pelo prefeito Pereira Passos, no início do século XX. A introdução do novo sistema ocorreu durante a abertura da avenida Central (atual avenida Rio Branco), e foi inaugurado em 1905. A avenida contou com iluminação elétrica apenas no canteiro central. Nas calçadas laterais a prefeitura preferiu manter os postes a gás.

Poste com luminárias elétricas na avenida Rio Branco, cidade do Rio de Janeiro (RJ). 1921. Acervo Light Serviços de Eletricidade S.A.

Em 1911, as primeiras lâmpadas elétricas foram instaladas na cidade de São Paulo. As avenidas Brigadeiro Faria Lima e Higienópolis foram as primeiras da capital paulista a receber os novos postes e, três anos depois, a cidade já contava com cerca de 1.600 pontos de iluminação com eletricidade.

Na verdade, o maior obstáculo para a instalação deste tipo de sistema era a ausência de usinas geradoras de eletricidade perto das áreas a serem iluminadas. Esse problema só foi resolvido com o desenvolvimento tecnológico do transporte de energia por longas distâncias, as chamadas linhas de transmissão.

Fábrica de postes na cidade de São Paulo (SP). 1930. Acervo Fundação Energia e Saneamento do Estado de São Paulo




Membros Instituidores e Mantenedores:

Eletrobras Eletrobras Eletrobras Eletrobras

Esta página está homologada para ser utilizada no navegador (browser) Mozila Firefox.
Caso você não o tenha instalado em sua máquina, utilize o link abaixo para baixá-lo.

Firefox