Políticas de governo e empresas públicas (1948-1963)

1953

Criação, pelo governo do estado de São Paulo, com base em recomendação da Comissão Mista Brasil-Estados Unidos para o Desenvolvimento Econômico, da empresa Usinas Elétricas do Paranapanema S.A. (Uselpa), autorizada a funcionar pelo Decreto nº 33.726, de 3 de setembro. Também em 1953 foi iniciada a elaboração do Plano de Eletrificação do Estado de São Paulo, concluído em 1956. A Uselpa construiu as usinas hidrelétricas Lucas Nogueira Garcez ou Salto Grande, inaugurada em 1958, e Jurumirim, também chamada Armando Avellanal Laydner, que entrou em operação em 1962, ambas no rio Paranapanema. Em 1966, integrou a fusão de empresas que originou a Centrais Elétricas de São Paulo S.A. (Cesp).
Constituição da Termelétrica de Charqueadas (Termochar), com a finalidade de construir a Usina Termelétrica Charqueadas. A usina, utilizando carvão mineral como combustível, foi instalada no município de São Jerônimo (RS) e destinava-se à mecanização da extração de carvão da mina de Charqueadas, integrante da maior jazida carbonífera do estado do Rio Grande do Sul, à época, e ao fornecimento de energia elétrica a outros serviços de mineração do município e da região do Baixo Jacuí, além de reforçar o suprimento da capital Porto Alegre. A Termochar foi incorporada pela Centrais Elétricas do Sul do Brasil S.A. (Eletrosul) em 1971.




Membros Instituidores e Mantenedores:

Eletrobras Eletrobras Eletrobras Eletrobras

Esta página está homologada para ser utilizada no navegador (browser) Mozila Firefox.
Caso você não o tenha instalado em sua máquina, utilize o link abaixo para baixá-lo.

Firefox