Regulamentação e aumento da capacidade instalada (1931-1945)

1933

Criação do Instituto Geológico e Mineralógico no Ministério da Agricultura, e sua Divisão de Águas, em substituição ao antigo Serviço Geológico e Mineralógico do Brasil, ao qual se vinculava a Comissão de Estudos de Forças Hidráulicas, constituída na década de 1920, com a atribuição de estudar o potencial hidráulico, as águas subterrâneas e a qualidade das águas no país. A nova Divisão de Águas foi incorporada, no mesmo ano, à recém-criada Diretoria Geral de Produção Mineral (DGPM) do ministério, passando a denominar-se Diretoria de Águas.

Extinção, à semelhança do governo norte-americano, da cláusula-ouro, instrumento utilizado para fixação das tarifas de energia elétrica, que eram reajustadas automaticamente de acordo com as desvalorizações cambiais.





Membros Instituidores e Mantenedores:

Eletrobras Eletrobras Eletrobras Eletrobras

Esta página está homologada para ser utilizada no navegador (browser) Mozila Firefox.
Caso você não o tenha instalado em sua máquina, utilize o link abaixo para baixá-lo.

Firefox