Consolidação e crise do modelo estatal (1964-1990)

1985

Criação do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) pela Portaria Interministerial nº 1.877, de 30 de dezembro, expedida pelo Ministério das Minas e Energia (MME) e pelo Ministério da Indústria e Comércio (MIC). O Procel surgiu com o objetivo de promover a conservação e o uso eficiente e racional da energia elétrica, tendo em vista a melhoria da qualidade dos serviços, a eliminação dos desperdícios e a redução dos custos e investimentos setoriais. O gerenciamento do Procel ficou a cargo do Grupo Coordenador de Conservação de Energia Elétrica (GCCE), constituído sob a presidência do secretário-adjunto do MME com a participação de representantes de organismos dos ministérios envolvidos no programa. A partir de 1993, parte dos recursos da Reserva Global de Reversão (RGR) passou a ser utilizada para financiar projetos de conservação das concessionárias. Neste ano, também, foram criados o Selo Procel de Economia de Energia e o Prêmio Nacional de Conservação e Uso Racional de Energia.
Interior da Usina Termonuclear Álvaro Alberto, mais conhecida como Angra I, construída na região da baía de Ilha Grande, município de Angra dos Reis (RJ). S/d. Acervo Furnas

Entrada em operação da Usina Angra I, integrante da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto (CNAAA), com 640 MW de potência localizada na região da baía da Ilha Grande, no município de Angra dos Reis (RJ). O programa de geração nuclear brasileiro teve início em 1969, quando a Central Elétrica de Furnas S. A., por delegação da Centrais Elétricas Brasileiras S. A. (Eletrobras), deu partida aos estudos para instalação da primeira usina nuclear do país. Em 1972, a empresa começou as obras civis da central de Angra 1, projetada para operar com um reator a urânio enriquecido e de água leve pressurizada (PWR na sigla em inglês) que foi encomendado à empresa norte-americana Westinghouse, em sistema de turn-key (sem transferência tecnológica). Adicionalmente, foi firmado acordo entre o Brasil e os Estados Unidos (EUA), garantindo o fornecimento de urânio enriquecido em troca de urânio natural brasileiro.

Vista da Usina Termonuclear Álvaro Alberto, mais conhecida como Angra I, construída na região da baía de Ilha Grande, município de Angra dos Reis (RJ). S/d. Acervo Furnas






Criação da Associação Nacional das Empresas Estaduais de Energia Elétrica (Acesa) tendo como principais objetivos congregar, orientar e defender suas associadas; fomentar a mútua colaboração e assistência entre elas e colaborar com os poderes públicos no estudo e solução dos problemas que tivessem relação direta ou indireta com a energia. A entidade foi extinta em 1998.




Membros Instituidores e Mantenedores:

ABCE CEMIG LIGHT ITAIPU BINACIONAL ELETROBRAS

Esta página está homologada para ser utilizada no navegador (browser) Mozila Firefox.
Caso você não o tenha instalado em sua máquina, utilize o link abaixo para baixá-lo.

Firefox